As pulseiras são acessórios muito usados pelas mulheres, porém, ainda causam certa desconfiança nos homens. Mas você sabia que elas têm inspirado os looks de celebridades, como Johnny Depp e Bruno Gagliasso? Afinal, eles dominam a arte de como usar pulseira de ouro masculina, conferindo beleza, descontração e masculinidade às produções do dia a dia.

Para que as pulseiras masculinas sejam usadas de modo correto e harmônico, é preciso saber combiná-las com outros acessórios e as roupas que vestimos.

Se você está curioso a respeito de como usar pulseira de ouro masculina e quer dar um toque mais contemporâneo ao look, basta seguir as cinco dicas que trouxemos aqui!

1. Combine o adereço com uma peça central

Uma das maneiras de deixar uma joia ainda mais bonita é usá-la com uma peça central. Pensando nisso, pode ser um belo relógio masculino, uma pulseira mais grossa ou, ainda, um anel de formatura. Se quiser apostar em um visual mais descontraído, experimente combinar o acessório de ouro com pulseiras mais finas feitas de couro.

2. Aposte em diferentes espessuras

Se você não quer usar o adereço com uma peça central, então uma boa dica de como usar pulseira de ouro masculina é misturá-la com outras peças de acordo com os tamanhos e as espessuras delas. Desse modo, é possível intercalar as pulseiras.

Combine uma pulseira mais fina e outra mais grossa. Além disso, você tem a opção de fazer um mix aleatório, misturando diversos tipos da peça — cordões ou correntes. A combinação é ideal para compor um visual mais elegante, mas não menos casual.

3. Misture os metais

Muitos homens pensam que o ouro pode ser encontrado apenas na tonalidade amarela. Mas eles estão enganados, pois esse metal também se apresenta nas cores branca, vermelha e até rosê. Para os mais discretos, a opção é usar a pulseira de ouro amarelo com uma feita de ouro branco. O look vai ficar sofisticado e poderá ser usado em ocasiões noturnas.

Também pense na possibilidade de usar o acessório de ouro com outra pulseira ou relógio de prata, por exemplo. Assim, você consegue um visual alternativo sem comprometer a elegância do restante da produção. Vale investir nos modelos de couro para deixar o look mais atualizado, uma vez que o material está na moda.

4. Escolha as roupas corretas

Para que toda a produção esteja certa, é necessário saber escolher as roupas que serão usadas. Portanto, se você for usar a pulseira de ouro masculina com camisa de mangas compridas, dê preferência ao acessório de espessura mais fina, acompanhado ou não de outras pulseiras.

Se pretende usá-la com camiseta básica em um evento casual, basta misturá-la com as versões em couro ou cordões de prata a fim de descontrair o look sem perder a elegância e o estilo.

5. Personalize a pulseira de ouro

Se quiser conferir mais personalidade ao acessório de ouro, a dica é personalizá-lo. Para isso, aposte nas gravações de datas, símbolos ou palavras que sejam significativos para você, ou considere a possibilidade de entalhar detalhes ao redor da pulseira. O resultado garante estilo aos homens que aderem a esses recursos.

Ao aprender as dicas de como usar pulseira de ouro masculina, você vai poder criar looks bonitos e atuais sem comprometer o visual. Permita-se ousar nas produções do dia a dia, adquirindo o acessório em joalherias físicas ou em lojas online. Mas lembre-se de escolher uma boa marca para garantir a beleza que toda joia tem.

Você sabe como combinar relógio prata ou dourado com seus looks? Então confira as dicas que a Alcidino preparou nesse post!

Se você gosta de joias e semijoias, já deve ter ouvido falar do Banho de Ródio, não é mesmo? Entretanto, o que muitas pessoas não sabem é em que consiste a técnica e quais são as vantagens de banhar acessórios valiosos com esse poderoso metal.

A partir de agora você vai entender mais sobre o famoso Banho de Ródio e porque as peças tornam-se mais bonitas e reluzentes depois de terem passado pelo processo. Então, vamos conferir?

Qual é o poder do Banho de Ródio?

Antes de mais nada, vamos explicar que o ródio consiste em um elemento químico da família da platina, encontrado em estado sólido nas minas do metal em questão. No entanto, apesar de apresentar características mais nobres que o ouro e a prata, ele não é usado com frequência.

O ródio apresenta coloração prateada muito semelhante à da prata, porém com intensidade de brilho e resistência ainda maior que ela. Em vista disto, ele é bastante utilizado na joalheria para banhar joias e semijoias, pois tem o poder de valorizar as peças.

Podemos dizer que o Banho de Ródio reaviva a cor e deixa os acessórios feitos em prata ou ouro branco mais brilhantes e intensos ao receberem a camada do metal. Conhecido também como acabamento rodinado, o processo confere resistência aos ácidos e as substâncias corrosivas, o que evita o aparecimento de manchas e arranhões nas peças.

Quanto tempo dura o Banho de Ródio?

Embora o Banho de Ródio não seja eterno, vale ressaltar que se ele for usado em uma peça tal qual um anel de compromisso ou de formatura, ou seja, algo que você usa o tempo todo, o processo tende a durar por cerca de dois anos.

Já se a joia ou semijoia for utilizada eventualmente, a duração do banho chega a ser de dez anos ou mais! Mesmo assim, não hesite em valorizar os seus adereços, banhando-os com o Ródio.

O que é Banho de Ródio Negro?

Até aqui você aprendeu sobre o Banho de Ródio dado em acessórios feitos em ouro branco ou prata. Entretanto também existe o Banho de Ródio Negro, que é composto do ródio comum, porém acrescido do corante grafite escuro, também conhecido como negro brilhante.

O pigmento é o principal responsável pela tonalidade escura que certas joias apresentam, garantindo, assim, um brilho especial aos adereços. Eles tendem a ficarem mais escurecidos e diferentes dos demais.

Atualmente, esse tipo de banho tem ganhado destaque entre as fashionistas do mundo todo, pois ao conferir o brilho negro aos anéis, brincos e colares usados por elas, os looks tornam-se diferenciados e mais reluzentes!

Enfim, o Banho de Ródio é o processo que valoriza joias e semijoias, a partir do momento em que os acessórios ficam mais brilhantes e bonitos. Então, não hesite em dar destaque aos seus pertences e escolha quais serão as peças que merecem banhar-se com o nobre metal!

Gostou do conteúdo? Para estar por dentro das novidades da Alcidino, basta nos seguir no Facebook. Estamos esperando por você!

Escolher o look para subir ao altar não é tarefa fácil, afinal, além do vestido, sapato, penteado e da maquiagem que será usada no dia, também deve-se pensar nos acessórios que vão compor o traje. Entretanto, muitas mulheres têm dúvidas sobre como escolher as joias para noiva usar no dia do casamento e conquistar um visual perfeito.

Assim, é importante reservar um tempo na agenda e selecionar os melhores adereços, visto que eles darão o toque de glamour na composição final da produção. Pensando nisso, preparamos este post que traz dicas valiosas sobre as joias para noiva usar no dia do casamento. Então, continue a leitura e descubra quais são elas!

Considere o estilo pessoal

O primeiro passo é considerar o estilo e gosto pessoal da noiva, pois ela deve estar segura e confiante durante toda a cerimônia. Logo, se você é mais romântica, opte pelos acessórios menores e pouco reluzentes.

Já se prefere o estilo mais ousado, dê preferência às joias um pouco maiores ou que apresentem mais brilho. Porém, lembre-se de que a regra diz que todos os adereços escolhidos devem ser feitos do mesmo material, para que de não “briguem” entre si.

Aposte nas pérolas

As clássicas pérolas estão entre as pedras preciosas mais requisitadas pelas noivas. Não por acaso, uma vez que elas conferem feminilidade e leveza na medida exata. Desse modo, use brincos menores confeccionados nesse material e, se houver decote no vestido, mesmo que seja discreto, lance mão dos colares circundados de pérolas e próximos ao pescoço.

A dica também é válida para as tiaras, cujas gemas devem ser pequenas e cobrir todo o adereço.

Invista nos diamantes

Não há dúvidas de que os diamantes são eternos, não é mesmo? Ademais, a mais famosa pedra preciosa simboliza a verdade, a perfeição e a maturidade! Em vista disto, ela é perfeita também para ser usada em joias no dia do casamento.

Os brincos miúdos são considerados excelentes alternativas para o evento, assim como as tiaras circundadas de brilhantes. Se a noiva for mais romântica, a dica é ostentar uma pequena coroa de prata cravejada com diamantes

Considere o ouro branco

Entre as joias para noiva usar no dia do casamento, destacam-se as feitas em ouro branco. O material em si já indica pureza e perfeição, e quando associado a um evento tão especial, ganha ares ainda mais nobre e sofisticado.

Por essa razão, considere as joias confeccionadas em ouro branco, tais como os brincos discretos e colares curtos, que podem ou não estar cravejados com pequenos brilhantes. A luminosidade do metal casa perfeitamente com o vestido branco usado pela maioria das noivas.

Agora que você aprendeu como escolher joias para noiva usar no dia do casamento, considere as dicas citadas acima e valorize o traje de um dos dias mais importantes da sua vida!

A Alcidino Joalheria e Ótica oferece as mais belas joias e acessórios para você usar tanto no dia a dia quanto em momentos especiais. Entre em contato conosco e saiba mais!

Além de ser um acessório útil, o relógio também é considerado um elemento poderoso na hora de compor os mais variados looks! Afinal, ele é capaz de conferir estilo e personalidade a quem tem o hábito de usá-lo frequentemente. Mas você sabe como combinar relógio de prata ou dourado para compor as produções do dia a dia?

Como ambos são adereços mais chamativos, é importante ter bom senso quando for utilizá-los, caso contrário, eles podem pesar o visual e comprometer o restante do look.

A seguir, confira as dicas que trouxemos sobre relógios e aprenda a fazer belas combinações de acordo com o seu tom de pele e das roupas que pretende vestir! Boa leitura!

Combine o relógio prata com o tom de pele

O relógio prata confere modernidade e descontração ao look e, por esse motivo, costuma ser a escolha de pessoas mais jovens. Em geral, são mais vistos durante o verão e não exigem tantas preocupações no momento de coordená-los com as roupas e outros acessórios.

No entanto, é importante destacar que os relógios prata tendem a se destacar mais nas peles de tons frios. Ou seja, se tem a pele rosada e veias azuladas, então a escolha desse acessório é perfeita para você!

Coordene com as roupas e ocasiões

Os relógios prateados combinam com ocasiões mais informais. A dica é usar o adereço em eventos diurnos ou em looks para ir ao trabalho, por exemplo. Desse modo, as chances de exagerar na produção vão ser praticamente nulas!

Quanto às roupas, dê preferência para as cores neutras — branco, preto, azul-marinho e grafite. Contudo, também é possível coordenar o relógio de prata com peças que tenham estampas coloridas ou cores mais vivas.

Combine o relógio dourado com o tom da pele

Embora o relógio dourado combine com todas as cores de pele, podemos dizer que as de tonalidades mais quentes costumam ser as mais beneficiadas. Portanto, se tem as veias dos pulsos esverdeadas e a sua pele fica bronzeada facilmente, você pertence a esse grupo.

As pessoas morenas e negras também podem usar relógio dourado, tendo em vista que o acessório cria um belo contraste com o tom da pele. Se esse é o seu caso, não deixe de investir em um acessório reluzente!

Escolha as roupas mais apropriadas

Normalmente, os relógios dourados são usados em situações mais formais, pois tendem a chamar mais atenção. Por conta disto, opte por usar outros acessórios que sejam menores, como brincos pequenos e anel minimalista.

Também é recomendado usar roupas de uma única cor ou que tenham tonalidades mais sóbrias. Se houver estampas, aposte nas que tenham duas ou três cores no máximo, porque assim as tonalidades não vão “brigar” entre si.

Apesar de ter aprendido como usar relógio de prata ou dourado ao longo do post, é bom lembrar que você não deve deixar de lado o seu gosto pessoal e o seu estilo. Afinal, os acessórios que usamos no dia a dia têm o poder de valorizar os looks e nos deixar mais confiantes!

Se gostou do artigo, siga a Alcidino no Facebook e no Instagram para ficar por dentro das novidades que estamos sempre preparando para você!

É comum que muitas mulheres tenham dúvidas sobre como combinar acessórios, visto que eles são peças importantes para montar um look estiloso e inovador. Além disso, com a grande variedade de opções, não é muito difícil pecar na combinação, sobrecarregando o visual.

Mas todo e qualquer erro pode ser evitado com um pouquinho de informação a mais. Por isso, montamos um miniguia para que você não tenha dificuldades na hora de combinar seus acessórios. Confira algumas dicas!

Como combinar acessórios em um look?

Seja para ser o destaque do look, seja para realçar a beleza das produções, os acessórios são a primeira coisa que vêm à mente.

Dessa forma, eles estão sempre acompanhando as tendências de moda e, embora pareça fácil, harmonizá-los com as demais peças do look não é tão simples assim. Essa etapa merece um cuidado especial, é preciso pensar nas cores, tamanhos, formatos etc.

Veja a seguir algumas dicas para combinar os acessórios e inspirar você a caprichar, ainda mais, no seu visual!

Com as roupas

Uma forma de saber se está acertando na escolha do acessório é observando a cor das roupas.

Por exemplo, roupas pretas combinam com qualquer cor e tipo de brinco, colar, óculos, sapato, bolsa, entre outros. Já as peças brancas ficam melhor com tons terrosos.

Para realçar um visual básico, as cores fortes são ideais. Por outro lado, com roupas de colorações fortes, acessórios neutros são os mais indicados.

Além disso, existem alguns detalhes que fazem a diferença em um look. Bolsas da mesma cor que a roupa produzem um efeito que ajuda a alongar a silhueta. Para equilibrar a produção, é interessante que, ao usar um sapato colorido, ele esteja acompanhado de uma bolsa de cor neutra e vice-versa.

Com acessórios semelhantes

Uma das primeiras coisas que devem ser priorizadas em um look é o seu equilíbrio. Portanto, combinar acessórios semelhantes pode ser uma boa maneira de fazer uso disso. Em relação às pedrarias, é interessante reuni-las observando o seu brilho, transparência e tonalidade.

Contudo, existe um mito quanto à cor das estruturas que diz que peças douradas não podem se misturar com as prateadas. Na verdade, elas podem ser usadas juntas e essa é uma super tendência do momento.

Os acessórios de cor prata costumam ser mais discretos, já os dourados chamam mais atenção — é por isso que há uma harmonia perfeita entre eles.

Com o tom da pele

Os acessórios e a maquiagem servem para realçar uma parte do nosso corpo. Desse modo, ao combinar os tons dos acessórios com a cor da sua pele, olhos e cabelo, essas partes são mais valorizadas.

O ideal é criar um contraste com a cor da pele. Assim, peles claras combinam mais com pedras escuras e peles pardas ou negras com cores mais quentes. Já as peles orientais ficam melhor com cores frias e sóbrias, como o azul ou o cinza.

Com o tipo de rosto

O formato do rosto também pode influenciar na escolha do acessório.

  • Rostos mais arredondados são mais valorizados com peças alongadas.
  • Já os rostos que são mais finos ou com formas ovais vão bem com colares e brincos arredondados.

Com o decote

O decote da roupa também atua junto aos acessórios para dar ênfase em algumas áreas do corpo ou tirar o foco delas. Por exemplo, colares e decotes em linha V servem para alongar a silhueta e dar um destaque à área dos seios.

Já blusas com decotes retos ajudam a atenuar a região do colo e podem ser combinadas com colares mais rentes ao pescoço.

Agora que você já sabe como combinar acessórios, surgiu aquela vontade de pôr essas dicas em prática, certo? Não tenha medo de usar e abusar dos seus colares, anéis, brincos, pulseiras, bolsas, lenços e muitos outros itens para deixar seu look muito mais moderno.

Inclusive, não hesite em procurar lojas especializadas para encontrar a peça perfeita.

E aí, curtiu as dicas? Então compartilhe este post nas suas redes sociais para que suas amigas também fiquem por dentro do assunto!

Elegante, charmoso e muito versátil. Essas são apenas algumas características que fizeram a tendência do ouro rosé se consagrar e estar presente nas caixas de joias das mulheres que adoram estar na moda. Sua fama alcançou pulseiras, colares, brincos e muitas outras peças, chegando até aos detalhes em acessórios, o que adicionou beleza e versatilidade às composições.

Quer conhecer melhor esse metal precioso e saber como utilizá-lo em suas combinações diárias? Neste post lhe contamos tudo! Confira!

Por que o ouro rosé é uma tendência?

O tom rosado do ouro chegou como uma forte tendência que se reafirma a cada ano. O motivo de tanto sucesso é, além da beleza da cor do metal, a versatilidade das peças em ouro rosé.

A cor é marcante se comparada a outros metais nobres, e é exatamente por esse motivo que ela se tornou a queridinha das antenadas. Afinal, o ouro rosé é um grande aliado das mulheres que querem se destacar mantendo a sofisticação.

Outro motivo é que, apesar do tom se sobressair, ele é menos chamativo que o ouro amarelo, o que faz dele uma opção extremamente funcional. Assim, para aquelas que não querem os extremos do dourado e do prata, agora existe um meio termo, igualmente belo.

Qual a composição do ouro rosé?

O ouro puro amarelo é muito maleável, por isso, ele é misturado a outros metais para constituir uma liga. Isso acontece com todos os tipos de ouro, incluindo o rosé.

O ouro considerado ideal para a produção de joias tem 18K, sua composição conta com 75% de ouro e 25% de outros metais. No ouro rosé, por sua vez, consta 75% de ouro puro, 22,25% de cobre e 2,75% de prata e, por causa dos metais adicionais da liga, consegue o tão desejado tom rosado.

Sua manutenção é simples, basta apenas alguns polimentos ocasionais. Nesse contexto, o metal é mais vantajoso que o ouro branco, por exemplo, que requer mais cuidados.

Como usar o ouro rosé?

No início, essa tonalidade, considerada exótica por algumas pessoas, pode criar dúvidas quanto às formas de uso das peças. Mas acredite, o ouro rosé é muito mais prático de combinar do que se imagina e cai bem em vários looks.

Por exemplo, o rosê harmoniza muito bem com o nude — nem todos os metais vão bem com ele —, se tornando um elemento de transição para acomodar pedras preciosas em várias cores. O ouro rosé também é de fácil composição com outros metais, mantendo a elegância.

Ele é um metal para o uso no dia a dia, que vai bem em eventos diurnos e noturnos. Também atende a ocasiões formais ou informais, sendo um curinga na sua caixa de joias.

O grande segredo para acertar nas situações é saber dosar as peças. Os mixes de pulseiras, anéis e colares estão muito em alta, e a dica para acertar nessa tendência é: escolha acessórios mais básicos, que sigam a mesma linha. O rosé, mesmo com objetos mais simples, dará o destaque na medida certa.

Já as maxi peças devem ser utilizadas com mais moderação. Entram nessa lista os braceletes, os maxi colares e os brincos.

Se você está começando sua jornada com o ouro rosé, o truque ideal é iniciar pelos brincos ou detalhes em outros acessórios, como em óculos de sol e bolsas. Depois de perceber como valorizar seu estilo com a tonalidade, é o momento de investir em elementos maiores.

Quer encontrar o acessório que combina com você? Então, conheça algumas peças perfeitas em ouro rosé disponíveis em nosso catálogo! Temos o acessório ideal para você!

Os acessórios femininos são elementos essenciais que não podem faltar na hora de compor qualquer look, não é mesmo? Afinal, eles têm o poder de enfeitar e mostrar a personalidade de quem os usa. Mas você sabe quais são as joias que toda mulher precisa ter?

Preparamos este artigo para ajudar você a montar a coleção dos sonhos com 4 peças bonitas e clássicas do universo feminino. Acompanhe a leitura e descubra quais são elas!

Pingentes

Os pingentes têm o poder de enfeitar qualquer parte do corpo, seja o colo, por meio de uma bela corrente, ou os braços, quando estão anexados a poderosas pulseiras. Eles podem ser confeccionados em metais nobres, tais como o ouro ou a prata, ou, também, feitos com pedras valiosas ou semi-preciosas.

Se o pingente estiver em uma corrente, aposte nos decotes mais ousados, a fim de que ele valorize o look. Contudo, se a peça estiver junto de uma pulseira, deixe o braço descoberto, para mostrar o acessório e não correr o risco de ele enroscar na malha.

Brincos de argolas

Sem sombra de dúvidas, os brincos de argolas se tornaram adereços atemporais do guarda-roupa feminino. Eles aparecem nas versões pequena, média ou grande e você escolhe qual modelo deseja usar naquele dia: fino, grosso, brilhoso, fosco, com ou sem texturas, cravejado com pedras etc.

As argolas coordenam muito bem com todos os tipos de penteados. Entretanto, se quer que elas se sobressaiam no look, deixe o cabelo preso em um belo coque ou em um poderoso rabo de cavalo. Elegância e descontração na medida exata!

Colar de pérolas

O colar de pérolas é a joia mais clássica de todas, e não por acaso, visto que o adereço é icônico e romântico e, ainda, confere beleza ao colo da mulher. Aproveite para usar a peça em eventos mais formais, como coquetéis, festas e jantares.

Também opte por vestir blusas ou vestidos em tonalidades mais escuras, porque, dessa forma, o colar de pérolas vai se destacar na produção total.

Anel de pedra

Entre as joias que toda mulher precisa ter, não podemos deixar de citar o anel de pedra. O acessório confere sofisticação às mãos femininas e pode ser usado em qualquer um dos dedos. É possível encontrá-lo em tamanhos e banhos variados, sendo que o estilo vai depender do gosto de cada uma.

Muitas mulheres ostentam um anel confeccionado com a pedra correspondente ao mês de seu nascimento. O adereço em questão deve ser usado sozinho em uma das mãos, a fim de que fique em evidência. Confira abaixo, qual é a pedra do seu mês de aniversário:

  • janeiro — granada;
  • fevereiro — ametista;
  • março — água-marinha;
  • abril — diamante;
  • maio — esmeralda;
  • junho — pérola;
  • julho — rubi;
  • agosto — peridoto;
  • setembro — safira;
  • outubro — opala;
  • novembro — topázio;
  • dezembro —turquesa.

Geralmente, o anel de pedra de nascimento é dado para a criança, para que ela tenha uma boa lembrança da pessoa que a presenteou. Entretanto, nada impede que você adquira o seu já na idade adulta.

Não deixe de investir nas joias que toda mulher precisa ter, para compor looks variados, sejam eles mais clássicos ou mais modernos. Também leve em consideração o estilo e personalidade no momento em que for escolher os acessórios. Afinal, você deve se sentir bonita e poderosa sempre!

Quer mais dicas para arrasar? Então confira agora mesmo quais são as tendências para a primavera-verão 2019!

Com o aumento das temperaturas no verão e primavera, as saias e vestidos ganham destaque nos guarda-roupas.

Além de versáteis, são peças ótimas e práticas, seja para uma reunião de trabalho, um almoço com amigos ou um jantar romântico. Mas, como combinar os acessórios para usar com vestido estampado por exemplo?

Uma bolsa, um óculos, brincos, cordões, pulseiras, anéis, todos esses acessórios podem dar um super glamour ao seu visual; porém, se mal combinados, podem fazer todo o cuidado ir por água abaixo. Mas não desanime! Confira abaixo as nossas 4 dicas para não errar na hora de escolher os acessórios para usar com seu vestido estampado.

1. Estampa geométrica e acessórios simples

Os vestidos com estampas geométricas pedem sempre um equilíbrio. Normalmente, são padronagens mais diferentes e que pedem uma atenção especial. Se a estampa for muito colorida, por exemplo, vale investir em acessórios simples, como cordões em prata ou ouro, pedras pretas e até mesmo poucos acessórios.

Um relógio, uma pulseira, cordões, brincos e só! Nada de sair com vários colares juntos ou um pulso cheio de pulseiras. Lembre-se que a estampa já chama atenção.

Mas, se a padronagem é preta e branca, como por exemplo as listras, vale investir em acessórios com cores mais vibrantes para quebrar a seriedade. Algumas estampas podem ser mais básicas e, nesse momento, vale a criatividade. Brincos com cores variadas podem dar um ar moderno ao look.

2. Estampa floral e acessórios delicados e românticos

A estampa floral é a mais usada por quem quer inovar e sair do básico. Ela pode ser de tamanhos variados e, por isso, pode ter acessórios diferentes tanto em cores quanto em tamanhos e modelos.

Para um vestido floral, tenha em mente que esse estilo de roupa pede peças mais simples ou apenas um único acessório chamativo. Aposte em um delicado cordão, uma pulseira fina com um relógio pequeno e um par de brincos clássicos. Pérolas e argolas são boas escolhas.

3. Animal print e acessórios minimalistas

Entra ano e sai ano, as passarelas trazem novidades e os estilistas também, mas o animal print nunca sai de moda. Porém, essa estampa é a mais difícil de combinar com acessórios. Além disso, essas peças têm uma linha tênue entre o ousado e o brega, por isso é necessário bom senso.

Peças minimalistas devem ser o seu foco. Na hora de escolher uma joia, por exemplo, tenha em mente que a cor dourada combina com o estilo, mas o prata pode dar um ar mais jovial. Algumas peças em vermelho ou até mesmo marrom podem casar bem com essas estampas. 

Porém, limite seus acessórios vermelhos para apenas um item. Nada de exageros! Menos é mais!

4. Dica de ouro dos acessórios para usar com vestidos estampados

Que estampa é algo lindo e super na moda, não temos dúvida. Mas, muitas vezes as estampas chegam às vitrines e, quando colocamos no corpo, não combinam com nosso tom de pele ou com a cor do cabelo, já que podem ficar muito chamativas ou até mesmo sem graça.

Por isso, na hora de escolher as estampas, veja bem as cores básicas que aparecem nela.

Estampas de onça tendem para o preto e marrom, florais para cores mais intensas e abertas. Assim, uma dica muito importante é: os seus acessórios devem seguir as cores base de cada peça. Olhe bem para a padronagem e veja qual cor chama mais atenção.

Ela será a cor que os seus acessórios devem seguir. Se estiver em dúvida, opte por joias e acessórios clássicos, como prata, dourado, preto e nude. 

Uma outra opção é apostar em acessórios estampados, como óculos de armações listradas, coloridas ou de tartaruga por exemplo.

Lembrando que eles devem ser usados com padronagens mais monocromáticas ou com cores neutras. Combinar estampas não é uma tarefa fácil, mas se elas tiverem a cor base igual, podem dar um ar moderno ao look, por exemplo, listras preto e branco com bolinhas preto e branco. Fashion não é mesmo?

Se gostou das nossas dicas de como escolher os acessórios para usar com vestido estampado, compartilhe este  post nas redes sociais. Assim, outras pessoas também aprenderão com as nossas dicas. Até o próximo texto!

Para estarmos sempre bem vestidos, é importante sermos antenados com tudo  o que está nas passarelas de todo o mundo, não é verdade? Falando nisso, quer saber o que está em alta na tendência da moda primavera verão 2019?

Nessa época do ano, de muito sol e calor, os looks são mais frescos, cheios de cores e de acessórios que dão charme à produção. Entre os itens mais disputados da temporada, alguns clássicos estão de volta e prometem ganhar as ruas.

Quer saber o que não pode faltar no seu guarda-roupa nessa temporada? Então continue a leitura e confira as nossas dicas!

Tons pastéis

Atualmente conhecidos como candy colors, os tons pastéis dão um ar romântico e elegante ao visual. São eles o rosa, azul, verde, amarelo, lilás e outras cores bem clarinhas.

Eles estão presentes nas roupas, sapatos e acessórios, assim não tem desculpas para não aderir a essa tendência da moda primavera verão 2019!

Brincos de argola

É certo que os brincos de argola nunca saíram de moda, mas agora esse ícone dos anos 90 está com tudo novamente!

Ele é um acessório muito versátil, já que combina com vários estilos e ocasiões. Sendo assim, tenha pelo menos um par de boa qualidade — adquirido em uma joalheria de prestígio — e que durará a vida toda.

Transparências

Elas vieram há algumas temporadas e não têm previsão para ir embora. As transparências trazem sensualidade para qualquer produção. E elas não estão só nas roupas, ok? Os sapatos transparentes também ganharam destaque!

Se você gosta de uma pegada mais rock’n’roll, aposte nas camisetas de tule. No entanto, para um estilo mais romântico, que tal combinar uma camisa de chiffon com uma saia rodada?

Mix de colares

Já pensou em misturar vários colares num look só? Esse mix fica elegante e pode ser usado em várias situações: desde uma composição básica para dar um passeio até mesmo para um evento mais formal.

O que vai diferenciar uma da outra é a espessura e a sofisticação das peças.

Total red

O vermelho foi eleito a cor desta temporada. Mas não é uma peça ou outra: é um look total red. Isso mesmo!

Vestidos, macacões, macaquinhos e conjuntos nesse tom são elegantes e chamam atenção por onde passam. Tem um evento que você precisa de intensidade? Então aposte nessa tendência!

Óculos gatinho

Se esta é a época mais ensolarada do ano, nada mais justo do que fechar o look com um par de óculos escuros maravilhoso, não é?

O modelo gatinho está em alta, trazendo um toque vintage a qualquer visual. Mas atenção! Não se esqueça de comprar numa ótica de confiança, ok? É fundamental ter proteção UV para proteger os seus olhos.

Viu como a tendência da moda primavera verão 2019 está sensacional? Tem itens incríveis para arrasar em qualquer produção! Vale ressaltar que o importante é se sentir bem, afinal, somos todos livres para montar o nosso próprio estilo!

Que tal saber das nossas novidades diretamente nas suas redes sociais? É só nos seguir. Estamos no Facebook e Instagram!

Escolher um acessório pode ser até mais difícil do que escolher uma roupa para sair. Muitas vezes estamos prontos e falta algo. Uma pulseira, uma jaqueta ou um relógio bacana. Um acessório bem escolhido pode mudar todo o seu visual.

A moda masculina segue tendências, assim como a feminina, e, escolher o que melhor se encaixa em  nosso estilo não é tarefa simples. Sair do básico, inovar para um encontro ou mostrar estilo em uma reunião de trabalho. Tudo isso pode estar ligado diretamente a escolha de um relógio, acredita?

Por isso, separamos abaixo 5 dicas imperdíveis de como escolher relógio masculino sem erro. Você verá que essa escolha pode ser muito mais fácil do que o esperado. Confira!

1. Escolha o relógio certo para você

Um relógio pode mudar todo um visual. Lembre-se sempre disso. Assim como as mulheres usam joias, lenços, bolsas e até óculos para ter um visual mais arrumado, os homens podem investir em acessórios de marcas boas para mostrar presença.

Um relógio pode ser um ponto de partida para uma conversa e, com certeza, chama a atenção de outros homens com estilo por ser uma joia essencial ao visual masculino. Uma reunião, um aperto de mãos para fechar um negócio ou até mesmo na hora de assinar um documento.

2. Entenda o seu estilo e seja fiel a ele

Despojado, social, diurno ou noturno. Para entender como escolher um relógio masculino é importante saber qual o seu estilo de roupa e de vida. Nada de seguir apenas a tendência e usar algo que não lhe agrada. Se a sua agenda é cheia de reuniões e você usa muito terno e blazer, a pedida são os relógios mais sociais.

Mas se você trabalha em um ambiente informal, de bermuda ou calça jeans, um relógio de couro ou até mesmo de borracha pode ser versátil e confortável. O seu estilo vai ditar a sua compra, e não o contrário!

3. Avalie seu guarda-roupa

Se você é básico e suas roupas tendem aos tons preto, branco, azul-marinho e cinza, um relógio colorido pode dar um charme a mais ao visual. Mas se você gosta de inovar em estampas e cortes diferentes de alfaiataria, um relógio básico preto pode ser melhor.

Antes de escolher o seu relógio, pense em seu guarda-roupa, afinal ele será um acessório comum em seu dia a dia e deve combinar com as roupas que você já utiliza.

4. Avalie as opções de modelo e cor

Sabendo qual é o seu estilo, lembre-se de avaliar bem os modelos. Os relógios masculinos podem ser digitais ou analógicos. E isso também deve seguir o padrão da vestimenta.

Os modelos podem se dividir em esportivos, casuais, sociais e modernos.

  • Os esportivos são usados com roupas mais despojadas, como um passeio de domingo.
  • Já os casuais podem ser usados para um trabalho que não exija roupa social, um happy hour com o pessoal do escritório ou uma saída à noite.
  • Os relógios sociais são perfeitos para aqueles que usam terno ou que precisam mostrar estilo em reuniões de negócio e eventos sociais/corporativos.

Outro modelo bacana para ser sua primeira compra é o moderno. Eles tendem a ter a caixa grande ou pulseiras em cores sóbrias (como preto e marrom), além de combinarem com looks diurnos e noturnos.

5. Saiba que o tamanho é importante

Um relógio muito grande ou largo pode não passar uma boa impressão. Quando o braço é fino e o relógio é enorme, ele ressaltará a fragilidade física.

O relógio precisa ressaltar a personalidade do homem. Uma pessoa discreta combinará mais com um acessório pequeno e mais simples. Já no caso de homens que não se importam em mostrar presença, uma alternativa com caixa alta e pulseira de couro pode impressionar.

Outro ponto importante é o peso. Um relógio mais robusto e de metal tende a pesar no pulso, diferente das opções de borracha ou menores. Lembre-se: o mais importante é seguir o seu estilo próprio e buscar sempre o melhor modelo para você.

Que tal entrar em contato conosco para saber mais sobre relógios e qual o modelo encaixa mais em seu estilo de vida? Nós podemos ajudar você a encontrar o relógio ideal!