Os óculos escuros são acessórios indispensáveis no verão, pois além de protegerem os olhos das intensas radiações solares, eles conferem estilo e charme aos looks que usamos à beira-mar. Mas muitas pessoas não sabem quais são os cuidados com óculos na praia, que devemos ter a fim de não danificá-los.

Então conheça a seguir 5 dicas de como manter as lentes limpas e as hastes dos seus óculos escuros intactas, enquanto você aproveita os dias de calor na praia. Vamos conferir?

1. Tenha cuidado para limpar os óculos

Para que as lentes e a armação do óculos escuros não fiquem lambuzados de protetor solar, ou mesmo sujos de grãos de areia, é recomendado lavá-las delicadamente com água e sabão neutro. Sempre que sentir necessidade de limpar o acessório, procure um local apropriado, tal como o banheiro de um restaurante ou de um quiosque.

Para secar os óculos, utilize um pequeno pedaço de pano seco, feito em algodão ou microfibra, pois são macios e não agridem a peça. Ou, se for possível, deixe-os secar de maneira natural, de preferência ao ar livre, em um local que não incida sol diretamente sobre eles.

2. Não molhe o acessório

Ao entrar na piscina ou no mar com os ósculos escuros, você pode danificar seriamente a peça. Os que são feitos em acetato ou materiais plásticos, em geral, tendem a ressecar, o que pode provocar a quebra e descolorir a peça.

Pode acontecer o mesmo se eles forem de madeira. Já os óculos cuja as armações são de metal tendem a se oxidarem, fazendo com que o acessório fique feio ou enferrujado. Portanto, um dos cuidados com óculos na praia é retirá-los antes de se banhar!

3. Evite colocar os óculos na cabeça

Muitas pessoas colocam os óculos na cabeça, para usar como suporte. No entanto, essa prática tão comum pode quebrar as hastes e as dobradiças e, ainda, desalinhar a armação.

Se não puder evitar, pendure o adereço na gola da camiseta ou utilize os suportes de pescoço para óculos, que são facilmente encontrados em óticas e lojas de todo o país.

4. Guarde os óculos escuros no local apropriado

Os óculos escuros costumam acompanhar os estojinhos apropriados para guardá-los. Então, na hora em que não estiver usando a peça, deixe-a dentro da caixinha, envolvida em um pedaço de flanela ou microfibra.

Dessa maneira, você preserva os óculos e garante sua vida útil.

5. Não deixe os óculos sob altas temperaturas

O calor produzido na sauna ou no painel do carro pode danificar seriamente as lentes e a armação da peça. Em vista disto, não deixe que eles fiquem expostos ao calor excessivo dessas ou de outras situações semelhantes. Guarde-os no estojo adequadamente!

Ao ter atenção aos cuidados com óculos na praia, você garante que eles durem por mais tempo e os mantêm sempre limpos e bonitos. Portanto, não deixe de seguir as dicas que trouxemos neste artigo e divirta-se em sua próxima viagem!

Você sabe quais são as tendências de óculos Primavera-Verão para 2019? Então veja o que preparamos em nosso post e arrase na próxima estação!

Ir às compras é uma tarefa que demanda bastante atenção, principalmente quando o produto é valioso. Por isso, saber como comprar joias, seja para uso pessoal, seja para presentear alguém, é fundamental para adquirir uma peça de qualidade e evitar problemas com a legitimidade, durabilidade, entre outras coisas.

Pensando nisso, selecionamos alguns cuidados que você precisa observar para realizar uma compra segura e sem constrangimentos. Acompanhe o post e confira!

Como comprar joias sem errar?

Na hora de comprar uma nova joia, é normal que as pessoas procurem fazer uma comparação do preço entre as peças. No entanto, é preciso lembrar que elas variam em tamanho, peso, tipo de ouro ou pedra (podendo ser de caráter natural ou sintético) etc., por isso seu valor também varia.

Além disso, é importante prezar pela espessura do produto — quanto mais leve, maior a tendência de rompimento. Por isso, se você quer um item que seja mais resistente, opte por aqueles que são mais robustos, mesmo que o preço não seja tão acessível.

Veja outros cuidados fundamentais para que você faça um bom investimento na hora de comprar uma joia.

Busque a assinatura de um design

Atualmente, a variedade de joalherias físicas ou online é enorme, por isso, todo cuidado é necessário para evitar ser prejudicado.

Ao adquirir um novo produto, é importante buscar pela assinatura de um design — ou seja, um sinal da marca do quilate ou o nome do fabricante —, que garante que a peça é autoral e legítima. Isso, muitas vezes, evita a aquisição de peças banhadas a ouro ou prata, mas que foram descritas como puras.

Observe a parte interna e os detalhes

Toda obra de arte precisa de um bom acabamento, e com as joias não é diferente. Procure observar se a parte interna da peça está bem feita e sem defeitos, riscos ou arranhões, assim como a parte externa.

Além do mais, caso tenha interesse em comprar colares ou pulseiras, faça o teste do fecho e verifique se ele é resistente, se abre com facilidade e se o material não lasca — algumas vezes, pode acontecer de a confecção do fecho ser diferente do resto da peça, com apenas um banho de ouro ou prata.

Examine a pesagem da joia

Não tenha vergonha de pedir ao vendedor para pesar a sua peça, afinal, esse é um investimento que você está fazendo. Anote a gramatura e cheque com os dados indicados nas notas fiscais para evitar cair em fraudes.

Além de tudo isso, para comprar joias de qualidade, sabendo que não está correndo riscos, é interessante procurar por uma joalheria de confiança, sabendo há quanto tempo a empresa está no mercado, conhecendo alguns de seus clientes e suas experiências.

E aí, curtiu o post sobre como comprar joias? Aposto que você está com vontade de usar tudo o que aprendeu comprando uma peça nova, não é? Para isso, entre em contato com a Alcidino, uma joalheria comprometida com a qualidade de seus produtos.

Conte conosco para ser sua joalheria de confiança!

Com o aumento das temperaturas no verão e primavera, as saias e vestidos ganham destaque nos guarda-roupas.

Além de versáteis, são peças ótimas e práticas, seja para uma reunião de trabalho, um almoço com amigos ou um jantar romântico. Mas, como combinar os acessórios para usar com vestido estampado por exemplo?

Uma bolsa, um óculos, brincos, cordões, pulseiras, anéis, todos esses acessórios podem dar um super glamour ao seu visual; porém, se mal combinados, podem fazer todo o cuidado ir por água abaixo. Mas não desanime! Confira abaixo as nossas 4 dicas para não errar na hora de escolher os acessórios para usar com seu vestido estampado.

1. Estampa geométrica e acessórios simples

Os vestidos com estampas geométricas pedem sempre um equilíbrio. Normalmente, são padronagens mais diferentes e que pedem uma atenção especial. Se a estampa for muito colorida, por exemplo, vale investir em acessórios simples, como cordões em prata ou ouro, pedras pretas e até mesmo poucos acessórios.

Um relógio, uma pulseira, cordões, brincos e só! Nada de sair com vários colares juntos ou um pulso cheio de pulseiras. Lembre-se que a estampa já chama atenção.

Mas, se a padronagem é preta e branca, como por exemplo as listras, vale investir em acessórios com cores mais vibrantes para quebrar a seriedade. Algumas estampas podem ser mais básicas e, nesse momento, vale a criatividade. Brincos com cores variadas podem dar um ar moderno ao look.

2. Estampa floral e acessórios delicados e românticos

A estampa floral é a mais usada por quem quer inovar e sair do básico. Ela pode ser de tamanhos variados e, por isso, pode ter acessórios diferentes tanto em cores quanto em tamanhos e modelos.

Para um vestido floral, tenha em mente que esse estilo de roupa pede peças mais simples ou apenas um único acessório chamativo. Aposte em um delicado cordão, uma pulseira fina com um relógio pequeno e um par de brincos clássicos. Pérolas e argolas são boas escolhas.

3. Animal print e acessórios minimalistas

Entra ano e sai ano, as passarelas trazem novidades e os estilistas também, mas o animal print nunca sai de moda. Porém, essa estampa é a mais difícil de combinar com acessórios. Além disso, essas peças têm uma linha tênue entre o ousado e o brega, por isso é necessário bom senso.

Peças minimalistas devem ser o seu foco. Na hora de escolher uma joia, por exemplo, tenha em mente que a cor dourada combina com o estilo, mas o prata pode dar um ar mais jovial. Algumas peças em vermelho ou até mesmo marrom podem casar bem com essas estampas. 

Porém, limite seus acessórios vermelhos para apenas um item. Nada de exageros! Menos é mais!

4. Dica de ouro dos acessórios para usar com vestidos estampados

Que estampa é algo lindo e super na moda, não temos dúvida. Mas, muitas vezes as estampas chegam às vitrines e, quando colocamos no corpo, não combinam com nosso tom de pele ou com a cor do cabelo, já que podem ficar muito chamativas ou até mesmo sem graça.

Por isso, na hora de escolher as estampas, veja bem as cores básicas que aparecem nela.

Estampas de onça tendem para o preto e marrom, florais para cores mais intensas e abertas. Assim, uma dica muito importante é: os seus acessórios devem seguir as cores base de cada peça. Olhe bem para a padronagem e veja qual cor chama mais atenção.

Ela será a cor que os seus acessórios devem seguir. Se estiver em dúvida, opte por joias e acessórios clássicos, como prata, dourado, preto e nude. 

Uma outra opção é apostar em acessórios estampados, como óculos de armações listradas, coloridas ou de tartaruga por exemplo.

Lembrando que eles devem ser usados com padronagens mais monocromáticas ou com cores neutras. Combinar estampas não é uma tarefa fácil, mas se elas tiverem a cor base igual, podem dar um ar moderno ao look, por exemplo, listras preto e branco com bolinhas preto e branco. Fashion não é mesmo?

Se gostou das nossas dicas de como escolher os acessórios para usar com vestido estampado, compartilhe este  post nas redes sociais. Assim, outras pessoas também aprenderão com as nossas dicas. Até o próximo texto!

Você sabia que existem tipos de brincos para cada tipo de rosto? Isso mesmo! Muitas pessoas não se preocupam com essa questão, mas ela é essencial para ter mais harmonia no look e realçar a beleza tanto da joia quanto de quem a usa.

Portanto, é interessante saber qual acessório combina mais com você para acertar em cheio na escolha. Seu rosto é oval, redondo, quadrado, triangular, retangular ou em coração? Há tipos de brincos para cada tipo de rosto que valorizam você. Quer saber quais são? Então, continue a leitura e confira as nossas sugestões!

Rosto oval

O rosto oval tem o comprimento um pouco maior do que a largura. Esse tipo de rosto é bem democrático e fica muito bem com qualquer modelo de brinco. A única ressalva é que se você tem o pescoço curto, é bom evitar esse acessório em modelos muito longos, ok?

Rosto redondo

Na face redonda, a região das maçãs é mais larga e o rosto não afunila na área do queixo. Por conta disso, o ideal é usar brincos que alongam o rosto, como os compridos, assimétricos, grandes e angulares. Se quiser disfarçar os traços arredondados, evite ornamentos que sejam muito pequenos ou argolas muito grandes.

Rosto quadrado

Esse é o tipo de rosto em que o queixo, a testa e o comprimento têm quase a mesma medida. Nesse caso, os brincos que mais valorizam são os ovais e as argolas de tamanho médio. Para não evidenciar ainda mais os traços angulares, evite os de formato quadrado.

Rosto triangular

O rosto triangular é aquele que o maxilar é mais largo do que a medida da testa. Para ele, os melhores brincos são os pequenos e os médios, pois dão sensação de maior volume na parte superior da face, trazendo equilíbrio. Quanto ao formato, prefira os ovais e os triangulares.

Rosto retangular

A face retangular é bem confundida com a quadrada, por terem a mesma medida da testa e do queixo. No entanto, ela se difere por ser mais comprida. Então, use e abuse de brincos redondos, ovais e quadrados que sejam de tamanho médio a grande. Só evite os finos e compridos, que deixam o rosto ainda mais alongado.

Rosto triangular invertido

Também chamado de coração, esse tipo de rosto é o que tem a largura da testa maior do que a do maxilar, afunilando no queixo. Para equilibrar as proporções, prefira os brincos maiores e que dão volume na parte de baixo, como os do tipo pingente.

Tipos de brincos para cada tipo de rosto

Devemos lembrar que essas são apenas algumas dicas para dar mais harmonia ao visual, mas não são regras absolutas. Isso porque não há certo ou errado, e sim o que nos faz sentir bem.

Agora que você já conhece os tipos de brincos para cada tipo de rosto, fique atento a esse detalhe nas próximas aquisições. Dessa maneira, você valoriza ainda mais a sua beleza e destaca o que tem de melhor.

Quer saber onde encontrar brincos e outros acessórios com design diferenciado e de bom gosto?  Então conheça a Alcidino Joalheria e Ótica, onde você encontra profissionais que podem ajudar você a fazer a melhor escolha. Entre em contato conosco e saiba mais!

As joias e as bijuterias são adornos que fazem parte do universo feminino há milênios. Não por acaso, já que eles têm a função de enfeitar e valorizar algumas partes do corpo. Por exemplo, os anéis destacam as mãos e os pulsos das mulheres e as tornam mais bonitas e poderosas. Mas você sabia que existe um anel ideal para cada tipo de mão?

Ao adquirir o modelo adequado, as chances de ter mais estilo no look são maiores, afinal, como já diziam as nossas avós, “a mão é o cartão de visitas de toda mulher”. Então, continue a leitura e descubra as maneiras de escolher o anel ideal para você!

Mãos largas

Para mulheres que têm mãos largas, o recomendado é usar anéis igualmente largos em formatos angulares e simétricos. Coloque uma peça em cada mão, assim você evita poluir o visual.

Além disso, vale a pena investir em peças foscas ou mais brilhantes a fim de atrair o olhar para elas. Aproveite que a tendência de moda aponta as formas geométricas como must da estação.

Mãos curtas

As donas de mãos curtas podem usar anéis de tamanhos médios e que não tenham formas exageradas. Utilizar acessórios pequenos em vários dedos é uma opção excelente, que confere estilo e personalidade ao look.

A dica é válida também para quem tem mãos mais delicadas. Aposte nos anéis que tenham pedrinhas brilhantes e coloridas, pois elas mantêm o equilíbrio visual.

Mãos finas e compridas

As mulheres magras e altas tendem a ter mãos compridas e dedos mais longos. Portanto, o ideal é escolher anéis maiores e mais volumosos, que se destaquem nessa parte do corpo.

Vale abusar dos brilhos à noite e dos foscos e coloridos de dia para dar estilo ao look.

Dedos curtos

Existem mulheres que têm dedos mais curtos e, nesse caso, é aconselhável usar anéis em formatos verticais, que, por meio de uma ilusão de ótica, dão a impressão de serem mais alongados.

Apenas atente-se ao fato de que os acessórios não devem cobrir as articulações e nem ter pedras redondas porque elas “puxam” o olhar para um único ponto das mãos.

Disfarçar detalhes

Quando o assunto é o anel ideal para cada tipo de mão, não podemos esquecer de mencionar as mulheres que têm rugas e/ou manchas nas mãos. Com o objetivo de desviar os olhares para outros pontos, o recomendado é apostar em anéis grandes feitos com pedras coloridas.

Sem dúvidas, a escolha dos anéis vai depender do gosto e do estilo da mulher. As dicas que trouxemos neste artigo servem apenas como um direcionamento para as mulheres que desejam montar looks mais harmoniosos.

Ou seja, o anel ideal para cada tipo de mão é aquele que traz beleza e satisfação à mulher. Então, monte seus looks com os acessórios que considera bonitos e elegantes e aproveite para exibir as suas mãos em grande estilo!

Gostou dos truques de como escolher o anel ideal para cada tipo de mão? Então, entre em contato com a Alcidino e conheça os nossos belíssimos acessórios.

Escolher um acessório pode ser até mais difícil do que escolher uma roupa para sair. Muitas vezes estamos prontos e falta algo. Uma pulseira, uma jaqueta ou um relógio bacana. Um acessório bem escolhido pode mudar todo o seu visual.

A moda masculina segue tendências, assim como a feminina, e, escolher o que melhor se encaixa em  nosso estilo não é tarefa simples. Sair do básico, inovar para um encontro ou mostrar estilo em uma reunião de trabalho. Tudo isso pode estar ligado diretamente a escolha de um relógio, acredita?

Por isso, separamos abaixo 5 dicas imperdíveis de como escolher relógio masculino sem erro. Você verá que essa escolha pode ser muito mais fácil do que o esperado. Confira!

1. Escolha o relógio certo para você

Um relógio pode mudar todo um visual. Lembre-se sempre disso. Assim como as mulheres usam joias, lenços, bolsas e até óculos para ter um visual mais arrumado, os homens podem investir em acessórios de marcas boas para mostrar presença.

Um relógio pode ser um ponto de partida para uma conversa e, com certeza, chama a atenção de outros homens com estilo por ser uma joia essencial ao visual masculino. Uma reunião, um aperto de mãos para fechar um negócio ou até mesmo na hora de assinar um documento.

2. Entenda o seu estilo e seja fiel a ele

Despojado, social, diurno ou noturno. Para entender como escolher um relógio masculino é importante saber qual o seu estilo de roupa e de vida. Nada de seguir apenas a tendência e usar algo que não lhe agrada. Se a sua agenda é cheia de reuniões e você usa muito terno e blazer, a pedida são os relógios mais sociais.

Mas se você trabalha em um ambiente informal, de bermuda ou calça jeans, um relógio de couro ou até mesmo de borracha pode ser versátil e confortável. O seu estilo vai ditar a sua compra, e não o contrário!

3. Avalie seu guarda-roupa

Se você é básico e suas roupas tendem aos tons preto, branco, azul-marinho e cinza, um relógio colorido pode dar um charme a mais ao visual. Mas se você gosta de inovar em estampas e cortes diferentes de alfaiataria, um relógio básico preto pode ser melhor.

Antes de escolher o seu relógio, pense em seu guarda-roupa, afinal ele será um acessório comum em seu dia a dia e deve combinar com as roupas que você já utiliza.

4. Avalie as opções de modelo e cor

Sabendo qual é o seu estilo, lembre-se de avaliar bem os modelos. Os relógios masculinos podem ser digitais ou analógicos. E isso também deve seguir o padrão da vestimenta.

Os modelos podem se dividir em esportivos, casuais, sociais e modernos.

  • Os esportivos são usados com roupas mais despojadas, como um passeio de domingo.
  • Já os casuais podem ser usados para um trabalho que não exija roupa social, um happy hour com o pessoal do escritório ou uma saída à noite.
  • Os relógios sociais são perfeitos para aqueles que usam terno ou que precisam mostrar estilo em reuniões de negócio e eventos sociais/corporativos.

Outro modelo bacana para ser sua primeira compra é o moderno. Eles tendem a ter a caixa grande ou pulseiras em cores sóbrias (como preto e marrom), além de combinarem com looks diurnos e noturnos.

5. Saiba que o tamanho é importante

Um relógio muito grande ou largo pode não passar uma boa impressão. Quando o braço é fino e o relógio é enorme, ele ressaltará a fragilidade física.

O relógio precisa ressaltar a personalidade do homem. Uma pessoa discreta combinará mais com um acessório pequeno e mais simples. Já no caso de homens que não se importam em mostrar presença, uma alternativa com caixa alta e pulseira de couro pode impressionar.

Outro ponto importante é o peso. Um relógio mais robusto e de metal tende a pesar no pulso, diferente das opções de borracha ou menores. Lembre-se: o mais importante é seguir o seu estilo próprio e buscar sempre o melhor modelo para você.

Que tal entrar em contato conosco para saber mais sobre relógios e qual o modelo encaixa mais em seu estilo de vida? Nós podemos ajudar você a encontrar o relógio ideal!

Sabe o que faz uma pessoa ser tão admirada no que se refere ao seu vestuário? Ter roupas de marca ou seguir as últimas tendências? Pode até ser que essas questões interfiram, mas imprimir a sua personalidade na maneira de se vestir é o segredo principal. Afinal, você sabe como ter estilo próprio?

Com tanta informação de moda a que temos acesso diariamente — pelos programas de televisão, revistas, redes sociais e outros — ficamos perdidos na hora de nos vestir de um jeito original e que tenha a ver com o que somos. Por isso, devemos buscar formas de passar para o mundo a nossa mensagem individual.

Quer saber como fazer isso? Então, continue a leitura, pois é sobre isso que falaremos ao longo deste post. Confira!

Faça uma autorreflexão

Antes de qualquer coisa, reflita se você é fiel as seus gostos e preferências ou se veste com roupas que não tenham a ver com sua personalidade só porque estão na moda ou porque tem receio de ousar.

É importante fazer essa análise para definir qual é o seu estilo e, a partir daí, iniciar o processo em que você determinará o que combina ou não com o seu jeito de ser.

Por exemplo: você acha linda uma nova tendência, mas não usa porque pensa que não fica bem no seu corpo. Percebe que está deixando de ser o que é de verdade?

Não tenha medo de experimentar o novo

Sabe aquela peça que você morre de vontade de usar, mas nunca experimentou porque acha que não vai ficar bom?

Então, teste! Você não vai saber se fica legal sem colocar no corpo. Na verdade, está perdendo a oportunidade de se vestir como gostaria somente por uma suposição. Saia da zona de conforto!

Valorize o que você tem de melhor

Um dos pontos-chaves para ter um visual bacana é saber valorizar a silhueta e a personalidade. Tire um dia para vasculhar o seu guarda-roupa, prove várias peças, monte looks, tire fotos e anote tudo. Depois, é só ter autocrítica e avaliar o que fica bem ou não em você.

Então, eleja os itens que caíram como uma luva e doe os que não ficaram tão legais assim.

Eleja uma marca registrada

Já percebeu que uma pessoa que tem estilo próprio, geralmente, tem uma marca registrada? Pode ser um perfume, um belo par de óculos, um relógio, uma joia ou qualquer outro item que a faça ser lembrada.

É claro que você não precisa usar a mesma peça sempre, mas é legal seguir uma mesma linha de personalidade.

Viu como ter estilo próprio pode ser mais fácil do que imaginava? Para ter o seu, basta seguir as nossas dicas, como o autoconhecimento, não ter medo de experimentar coisas novas, saber valorizar quem você é e escolher um item marcante para fazer com que todos se lembrem de você. Experimente!

Gostou do nosso artigo? Que tal ajudar os seus amigos na missão de ter estilo próprio? Então, compartilhe este post nas suas redes sociais!

Engana-se quem pensa que criança só gosta de ganhar brinquedos como presente. Com o Dia das Crianças chegando, surge a preocupação do que dar ao pequeno, e uma ótima opção, mas que muitas vezes é esquecida, é usar joias para presentear crianças.

Apostar em peças como essas traz várias vantagens. Primeiramente, o presenteado vai se sentir especial, sem mencionar que cria-se um grande vínculo emocional.

Além disso, joias costumam durar por muitos anos, de modo que a criança provavelmente terá o presente até a sua vida adulta, podendo se lembrar com afeto do dia em que ganhou.

Sabendo que as vantagens de presentear crianças com joias são muitas, que tal ver algumas dicas para escolher o item ideal? Então, continue a leitura e confira!

Dicas para escolher joias para presentear crianças

Presentear alguém com uma joia é uma forte demonstração de amor e carinho, além de que é um artigo que pode ser usado tanto por meninas quanto por meninos. Geralmente, essas peças são encontradas em ouro amarelo, porém, é possível encontrar diversos itens e formatos especiais para despertar o gosto das crianças.

Veja alguns detalhes a considerar durante a compra de uma joia para presentear a criançada!

Observe o tamanho do item

Antes de adquirir uma joia, é preciso observar se o tamanho é adequado para a idade da criança. Em geral, as linhas infantis são confeccionadas para pessoas de até 12 anos. Além disso, elas costumam se dividir em faixas etárias — como de 0 a 2 anos, de 2 a 5 anos, e assim por diante.

Saiba o tipo da liga

Quando o assunto é metal, a liga é outro ponto muito importante. Saber o elemento que compõe a peça — se é pura ou mista — e a quantidade de quilates é fundamental para conferir o valor pago e evitar complicações. O ideal é que, antes de comprar, você tenha em mente o material que procura em uma joia.

Defina um tema e uma cor para a joia

Ir às compras com uma ideia definida do que você pretende levar é ótimo para economizar tempo e dinheiro. Além disso, as linhas de criança têm várias peças divertidas e com temas infantis, como desenhos e formas que atraem o gosto de acordo com cada faixa etária.

Por isso, ao comprar um acessório, inspire-se em um tema que combina com a pessoa que você quer presentear, junto de uma cor que ela goste. Ou então, você também pode optar por joias neutras, como pulseiras e colares, que possibilitam a escolha de pingentes variados, dando mais opções ao seu presenteado na hora de montar o look.

Considere fabricar uma peça personalizada

Caso você tenha pesquisado em diversas lojas e ainda não achou algo que a criança gostaria, é possível mandar confeccionar um acessório personalizado da forma que desejar.

Apesar de serem mais caras que as comuns, você garante que a joia é única e que está de acordo com o que imaginou, deixando-a muito mais especial.

Pense nas peças que passam por gerações

Como joias têm uma alta durabilidade, outra opção é você dar algo seu à criança, em vez de comprar um produto novo. A ideia de passar uma peça de geração em geração a torna mais especial e faz com que a pessoa se sinta mais importante, com a missão de passá-la adiante.

Caso o material esteja desgastado, há ainda a possibilidade de realizar reparos. Consulte-nos para restaurar sua joia!

Escolher joias para presentear crianças pode ser uma tarefa difícil, mas também muito prazerosa, dependendo apenas do ponto de vista. Portanto, experimente dar uma joia especial de presente para esse Dia das Crianças!

E aí, gostou do post? Aproveite também para curtir nossa página no Facebook e estar sempre por dentro das novidades do mundo das joias.

Você sabe como escolher óculos de sol? Muitas pessoas vão apenas pela beleza do acessório e se esquecem de um detalhe essencial: é preciso considerar o formato do rosto para que o resultado fique harmônico.

Já aconteceu de ver óculos lindos na vitrine e, ao experimentar, achar que não ficou tão bom quanto você imaginava? Isso comprova que devemos ficar atentos ao eleger esse companheiro do dia a dia.

Quer saber como escolher óculos de sol perfeitos para você? Neste post, vamos ajudar nessa missão. Continue a leitura!

Descubra qual é o seu tipo de rosto

Não sabe qual é o formato do seu rosto? É fácil descobrir. Em frente a um espelho, pegue um batom e contorne o reflexo do seu rosto começando pelo queixo e passando pela linha do cabelo. Agora, observe o desenho e compare com estas definições!

Redondo

O comprimento e a largura são quase idênticos e os traços são arredondados.

Quadrado

A largura e o comprimento são quase idênticos. As larguras das maçãs do rosto, da testa e do ângulo mandibular são bem parecidas.

Oval

O comprimento é ligeiramente maior do que a largura e as maçãs do rosto são a parte mais larga.

Triangular

O comprimento é ligeiramente maior do que a largura. O queixo é angular e a testa é mais estreita.

Confira quais são os óculos de sol ideais para você

Agora que você já sabe como identificar o seu formato de rosto, é hora de conhecer quais são os óculos de sol ideais. Conheça as nossas dicas e faça a escolha certa!

Para rosto redondo

Evite óculos muito largos e com lentes arredondadas. Para equilibrar o visual, o melhor é optar pelos mais angulares, como o tipo aviador, que ajudam a afinar os traços.

Para rosto quadrado

O melhor modelo de óculos para quem se encaixa nesse grupo é o retangular com largura semelhante à do rosto. Sendo assim, os do tipo gatinho ficam muito bem!

Para rosto oval

Esse é o tipo mais democrático! Isso porque fica bem em praticamente qualquer modelo de armação. Só atente-se ao tamanho dos óculos — eles devem ser proporcionais à medida do rosto, ok?

Para rosto triangular

Como a testa é mais estreita, a largura da armação deve acompanhar essa medida. Além do mais, as lentes arredondadas ou ovais criam uma harmonia mais interessante.

É importante lembrar também da qualidade dos óculos de sol. Afinal, a principal função deles é proteger os olhos dos raios solares para prevenir problemas de saúde e, por isso, devem ter proteção UV. Então, adquira-os em uma ótica de confiança e que ofereça marcas reconhecidas no mercado.

Viu como escolher óculos de sol perfeitos é mais fácil do que você imaginava? Basta considerar alguns pontos entre o modelo da armação e o seu formato de rosto, além do seu gosto pessoal, é claro. Guarde as nossas dicas e arrase no visual!

Para garantir óculos incríveis e de qualidade, conte com a Alcidino Joalheria e Ótica! Somos uma rede de lojas que oferece grandes marcas de óculos de sol e de grau, além de lindas joias. Quer saber mais? Entre em contato com a gente agora mesmo!